voltar

Prazer de cobrir o mundo com imagens únicas
Jorge Furtado*

Coisa mais difícil é falar sobre pintura, falar sobre ver.
Eu realmente não sei se sei falar sobre os desenhos da Laura. Sei que eu gosto muito e que reconheço como dela, o que significa que eles me tocam de alguma maneira e de maneira única, exclusiva. Reconheço nestes desenhos e pinturas alegria, vontade de viver, força, e junto com isso uma estranheza de forma, uma liberdade infantil de criar e recriar sem dogmas, sem medo.
Acho que é isso, Laura, como muitos grandes artistas, parece uma criança pintando, uma criança meio gênia, que sabe muito bem usar as cores e os pincéis, e sai pintando, por puro prazer de cobrir o mundo com imagens únicas, suas imagens. Não pare!

 

* Jorge Furtado
Integra a Casa de Cinema de Porto Alegre.
É roteirista, cineasta e escritor.
Escreveu Pedro Malazarte e a arara gigante (Artes e Ofícios, 2009) ilustrado por Laura Castilhos. Seu segundo longa-metragem foi O homem que copiava.